Notícia postada em 05/01/2014
Plano de negócios encurta o caminho entre um projeto e o sucesso do seu negócio
Ao fazer um plano, você reflete sobre os objetivos que pretende alcançar e no que fará para atingi-los
InfoMoney
Fique sabendo !
Imprimir  
 

SÃO PAULO - A grande vantagem de se elaborar um plano de negócios é que ele força o empreendedor a refletir sobre os objetivos que pretende alcançar e, igualmente importante, no que fará para concretizá-los.

Assim, pode-se dizer, de maneira simplificada, que um plano de negócios nada mais é do que um mapa que ajuda o empreendedor a identificar o caminho mais curto e seguro para transformar seu projeto em uma empresa de sucesso.

Onde estou?

O primeiro objetivo do plano de negócios deve ser o de ajudar o próprio empreendedor a analisar com cuidado a viabilidade do seu projeto. Ao organizar suas idéias de maneira formal, o empreendedor acaba conseguindo ter uma visão de conjunto do projeto, e consegue evitar a parcialidade que muitas vezes prejudica a sua capacidade de julgamento.

No caso de uma empresa já constituída, o plano de negócio ajuda o empresário a entender a situação da empresa, ou seja, onde ela se encontra em termos de participação de mercado, tecnologia utilizada, situação financeira etc. Através dele podem ser identificadas áreas para melhorar a qualidade da gestão da sua empresa.

Onde quero chegar?

Uma vez que o empreendedor tenha uma idéia mais clara das necessidades, tanto operacionais quanto financeiras, para implantar o seu projeto, ele está preparado para estabelecer metas realistas de onde pretende chegar, tanto em termos de resultados, quanto de participação de mercado. Isso ocorre porque o empreendedor consegue, neste ponto, estimar o quanto será necessário investir, seja em tempo ou recursos financeiros, para alcançar seu objetivo.
No plano de negócios, o empreendedor será forçado a explicar porque acredita que conseguirá alcançar seus objetivos ou, em outras palavras, porque o negócio será bem-sucedido. Para tanto, ele precisa organizar suas idéias e questionar a validade de algumas hipóteses, o que, em última instância, permitirá a identificação dos riscos do negócio.

Somente assim o empreendedor poderá avaliar se é interessante, ou não, prosseguir com o projeto. Em alguns casos, ainda que ele opte por não abandonar o projeto, pode adiar seu início, na tentativa de acumular mais recursos (próprios ou de terceiros) para garantir o sucesso de sua estratégia.

Qual o melhor caminho?

Fica fácil entender, portanto, que o plano de negócios também deve ajudar o empreendedor a convencer outras pessoas ou instituições a seguirem em frente com ele. Exatamente por isto, é fundamental manter uma postura bastante crítica e imparcial na elaboração do projeto, pois somente assim estará preparado para defender seu projeto. Lembre-se que se você não está completamente convencido, então será ainda mais difícil convencer um potencial sócio ou o banco.

Se a forma mais segura de se chegar rapidamente a um determinado lugar é consultar um mapa, quando o assunto é abrir uma empresa, o caminho mais rápido e seguro para se alcançar o sucesso é a elaboração de um plano de negócios. Como um mapa, o plano de negócios orienta o empreendedor sobre qual o melhor caminho (ou estratégia) de sair de onde está (projeto) para onde quer chegar (objetivo).